Pantanal MS
19 de Junho / 2024
  • Publicado em: 07 de Fevereiro, 2024 | Fonte: Rafael Almeida

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), através do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS-CG), compartilhou dados preocupantes sobre o aumento de notificações de surtos de síndromes respiratórias em Campo Grande.

Até o momento deste ano, já foram registrados 162 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), dos quais 37 foram confirmados como Covid-19, 2 como Influenza B, 1 como Influenza A, enquanto outros 85 casos ainda aguardam especificação e 37 permanecem em investigação.

De acordo com o boletim, 75% dos casos (6) ocorreram em hospitais, 1 em instituição de longa permanência para idosos e 1 em outros locais. Os idosos com mais de 80 anos apresentam a maior incidência, seguidos pelas faixas etárias de 60 a 69 anos e crianças de 1 a 4 anos.

Tristemente, dos casos notificados, 18 resultaram em óbito devido a complicações. Além disso, os casos de síndrome gripal (SG) já ultrapassam 4.130 mil neste ano, com a maioria deles notificados durante a quarta semana de janeiro.

O alerta epidemiológico emitido tem como propósito informar sobre eventos com potencial risco à saúde, visando apoiar os profissionais de saúde na implementação de medidas preventivas e mudanças imediatas de comportamento.

Para mais detalhes, o boletim epidemiológico completo está disponível no seguinte link.

Comentários