Pantanal MS
14 de Abril / 2024
  • Publicado em: 13 de Abril, 2024 | Fonte: Rafael Almeida

Um homem de 30 anos foi indiciado por falsa comunicação de crime nesta sexta-feira (12) em Campo Grande. O caso remonta à madrugada do último dia 10, quando ele registrou um Boletim de Ocorrência na DEPAC CENTRO, alegando ter sido roubado durante um encontro sexual na Vila Planalto.

De acordo com os relatos iniciais, a vítima contratou um serviço com um transexual de 28 anos e, após o encontro, teria sido coagida a realizar transferências bancárias e entregar todo o dinheiro que tinha na carteira, resultando em um prejuízo de aproximadamente R$ 1,4 mil.

A Polícia Militar foi acionada e orientou o suposto autor a reverter as transferências bancárias indevidas. No entanto, durante as investigações conduzidas pela DERF ao longo do dia, constatou-se que o fato não se tratava de roubo, mas sim de exercício arbitrário das próprias razões.

O desentendimento ocorreu durante o encontro, quando houve discordância sobre os termos financeiros, levando a uma alteração no valor combinado inicialmente. Diante da recusa da vítima em aceitar a nova quantia, ela foi obrigada a pagar um valor superior ao combinado.

Após os depoimentos e acareações na DERF, ficou evidente que a história relatada não correspondia à verdade dos fatos. Diante disso, o homem que inicialmente se identificou como vítima foi indiciado pelo crime de falsa comunicação, e todos os envolvidos foram liberados após os procedimentos de praxe na delegacia.

Comentários