Pantanal MS
14 de Abril / 2024

"Obrigado meu Prefeito, pelo Balneário!" - crítica sobre alagamento mostram dura realidade dos moradores da parte alta de Corumbá. | Créditos: Divulgação / WhatsApp

  • Publicado em: 22 de Janeiro, 2024 | Fonte: Fábio Marchi / Ana Marchi

Corumbá - As chuvas não são um problema apenas dos moradores do Centro da Cidade Branca: vídeos publicados nas redes sociais mostram grandes alagamentos provocados pelas chuvas, na parte alta de Corumbá, situada na zona sul do município.

O MS Diário recebeu um vídeo dos moradores da região próxima à Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental Almirante Tamandaré, localizada no trecho que compreende os bairros Cravo e Guarani.

Segundo a moradora identificada como Marcela, “toda vez que chove, essa área vira um rio”, nas palavras dela:

“Eles (a Prefeitura) fizeram aquele asfalto novo, que vai sair lá no Cravo, entre a BR e o Cravo. E tem também um proprietário que tá fazendo um projeto ali também, próximo a esse asfalto novo e ele praticamente fechou tudo lá, colocou uma galeria meia boca. E toda vez que chove, fica pior que antigamente, porque agora a água não tem como sair, porque o prefeito fez um asfalto novo, entre o Cravo e a BR e não fez uma drenagem legal pra água sair.”

Marcela disse ao MS Diário que esse é um problema recorrente - e não adianta reclamar para a Prefeitura de Corumbá:

“Todas as casas ali agora estão todas inundadas, praticamente virou um rio, como vocês tão vendo aí. E eles não fazem nada, que todo ano que acontece, perdia todas as coisas da minha mãe, dos meus irmãos que moram ali. E a gente não sabe mais pra quem quer recorrer, né?

Eles foram (a Prefeitura) uma vez lá, abriram umas poções, tiraram um pouco de terra dele, mas só que assim... Como é que vai sair uma água que vai galho, vai pau, vai alguns troços velhos, vai lixo?Como é que vai passar uma água ali? Então, tá ficando difícil, e cada vez tá ficando pior.”


Confira o vídeo enviado para o MS Diário:
 

Sempre no ranking das cidades mais quentes do Brasil, Corumbá bateu recordes de chuva nos primeiros dias de 2024 e as previsões não são animadoras nesse início de ano: pela previsão do instituto INMET, Corumbá e Ladário estão em perigo potencial, com alertas de chuvas intensas na região.

“PODE CHOVER O QUE FOR”

Sem contar com os investimentos do FONPLATA - que também contemplaram serviços de asfalto e drenagem em sua grande totalidade, só em 2023 a Prefeitura de Corumbá gastou mais de R$ 22 milhões de reais em recursos próprios e ainda mais R$ 24 milhões de reais de recursos do Governo do Estado e mais R$ 4 milhões de reais do Governo Federal.

Por conta disso, o Prefeito de Corumbá Marcelo Aguilar Iunes chegou a afirmar em um podcast regional (AlaVoti) em Novembro de 2023, que “havia resolvido o problema dos alagamentos em Corumbá”, restando “apenas uns dois ou três” - confira o vídeo abaixo:

Comentários