Pantanal MS
01 de Março / 2024
  • Publicado em: 09 de Fevereiro, 2024 | Fonte: Ana Santos

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) de Mato Grosso do Sul definiu os critérios para a distribuição das doses de vacinas contra a COVID-19 no estado, priorizando regiões de saúde e municípios com base em três fatores principais. Segundo a SES, a alocação das vacinas considerou o ranqueamento das regiões de saúde e municípios, a quantidade necessária de doses para a população-alvo de acordo com a disponibilidade prevista pelos fabricantes e o cálculo do total de doses a serem entregues em uma única remessa a cada município.

A campanha vacinal, com previsão de início ainda neste mês, visa imunizar crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos, considerados grupo de risco para a doença. Em Campo Grande, a capital do estado, a expectativa é de receber 24 mil doses, embora a superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), Veruska Lahdo, tenha destacado que seriam necessárias cerca de 150 mil doses para atender totalmente o público-alvo na cidade.

Apesar do planejamento, a definição do horário exato de chegada dos imunizantes ainda não foi divulgada pelo Ministério da Saúde. A previsão é de que as doses cheguem entre esta sexta-feira (9) e a próxima segunda-feira (12). A SES ressalta que a estratégia de vacinação do Ministério da Saúde pode sofrer ajustes ao longo da campanha, de acordo com a disponibilidade e necessidade de cada região.

Comentários