Nossas redes

Geral

Estudante de medicina de MS debocha de texto sobre estupro e gera revolta nas redes sociais

No texto original, a artista Tracy Figg fala sobre estupro e os riscos que as mulheres sofrem na sociedade. O post do jovem faz piada com o desempenho de mulheres no volante.

Publicado em

À direita, o texto é da artista em que fala sobre o estupro. À esquerda, o texto do estudante debocha da situação. | Créditos: Foto: Redes sociais/Reprodução

Um estudante de medicina da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) gerou revolta nas redes sociais após debochar de um texto publicado pela artista e fotógrafa Tracy Figg, na segunda-feira (11). Na versão original, a artista fala sobre estupro e os riscos que as mulheres sofrem na sociedade.

Tracy escreveu o texto após a repercussão do caso da mulher grávida que foi estuprada por um anestesista durante o parto, no Rio de Janeiro (RJ).

O estudante, de 21 anos, usou a própria rede social para comentar na publicação de Tracy, debochando do texto e fazendo piada com o desempenho das mulheres no trânsito. Após o comentário, vários seguidores da artista repudiaram o estudante. “Cê tá de sacanagem, né???”, perguntou uma jovem.


Seguidores se revoltaram com o jovem — Foto: Redes socais

Em resposta aos que reagiram indignados com a situação, o jovem escreveu:

   "Fiz um texto satírico justamente pra expor além de ridículo é bem transfóbico. Não existem pessoas com pênis que não são homens? E não existe estupro por parte de mulheres cis? Texto ridículo por texto ridículo, eu prefiro o meu. Tit for tat”.

Ainda nas redes sociais, o estudante afirmou que criou o texto para expor a "generalização ridícula que foi feita no texto original". A "sátira", como o jovem diz, foi excluída das redes sociais após os vários comentários rechaçando a atitude.

A reportagem procurou o estudante, por meio do seu perfil do Instagram, mas até a publicação desta matéria não obteve resposta. A UFMS também foi procurada, mas não se pronunciou.


O estudante falou no "Instagram Stories", sobre a sua versão — Foto: Redes sociais

Já deu seu like para esta matéria?

Ver matéria completa
Publicidade

As Top da Semana