Nossas redes

Geral

Tia chora perda de Laís em acidente em Corumbá: ‘é um pedaço da gente que se vai’

O acidente ocorreu no cruzamento das ruas Edu Rocha com Colombo.

Publicado em

Laís Oliveira da Silva, 28 anos. | Créditos: Reprodução / redes sociais

A família de Laís Oliveira da Silva, 28 anos, chora a morte da parente, vítima de acidente de moto, na madrugada deste sábado (3), em Corumbá. Nas redes sociais, eles manifestaram o carinho e a dor da perda repentina.

''Hoje o dia amanheceu triste. Minha sobrinha foi morar com Deus... ficaremos com muitas saudades... não foi um adeus, ‘foi um até breve''', disse a parente pelo Facebook.

A mesma familiar comentou com outra internauta sobre a dor da perda de alguém tão próximo.

''É um pedaço da gente que se vai... dói demais'', lamentou a tia.

Na mesma rede social, um tio de Laís disse que vai sentir muito a falta dela. ‘’Saudades eternas’’.

Pesar

A escola Rachid Bardauil, onde estudava a filha de Laís e onde o irmão dela trabalha, postou uma nota de pesar.

''É com imenso pesar que comunicamos o falecimento da Laís Oliveira... De toda a equipe da unidade escolar Rachid Bardauil deixamos nossos profundos sentimentos a todos os familiares e amigos'', disse a publicação.

Acidente?

A batida ocorreu no cruzamento das ruas Edu Rocha com Colombo, em Corumbá. Conforme boletim de ocorrência, a batida foi frontal e deixou a frente da picape completamente destruída.

Após o acidente, Laís estava com suspeita de traumatismo craniano, apresentava corte profundo na virilha do lado esquerdo e hemorragia intensa. Ela foi socorrida ao pronto-socorro de Corumbá, onde morreu cerca de três horas depois.

O policial civil que dirigia a picape, diz a polícia, apresentava fala alterada, forte cheiro de bebida alcoólica e agressividade. Na delegacia, ele se recusou a acompanhar o registro da ocorrência e disse que só falaria na presença de um advogado. 



Já deu seu like para esta matéria?

Ver matéria completa
Publicidade

As Top da Semana