Pantanal MS
20 de Maio / 2024

PS de Corumbá (MS) | Créditos: Ana Marchi | (MS DIário)

  • Publicado em: 06 de Maio, 2024 | Fonte: Fábio Marchi

Corumbá - Um episódio angustiante ocorreu na vida de uma mãe e seu filho, no dia 24 de abril de 2024, quando seu filho, um jovem de 15 anos começou a sentir fortes dores na virilha, que logo se estenderam aos testículos. A saga iniciada na madrugada culminou em uma série de eventos que levaram a consequências graves e segundo os relatos de sua mãe, irreversíveis.

DORES NO “SACO”

Após buscar atendimento médico no pronto-socorro, onde foi atendido pela médica de plantão, apenas ibuprofeno foi receitado, e o jovem foi liberado. Entretanto, as dores persistiram e, no dia seguinte, novos medicamentos foram prescritos no posto de saúde do bairro, juntamente com a solicitação de uma ultrassonografia da bolsa escrotal, marcada para o dia 14 de maio pelo SUS.

Sem resolver no sistema público e com muita dor persistente, a mãe do adolescente buscou atendimento particular, onde uma ultrassonografia de urgência foi realizada - e o resultado alarmante fez com que o médico solicitante recomendasse imediatamente o retorno ao pronto-socorro. No entanto, uma notícia ruim veio após a nova consulta médica: um dos testículos do jovem estava comprometido de forma irreversível devido à demora no diagnóstico e tratamento.
 

Ilustração: torção testicular | Créditos: Divulgação

INDIGNAÇÃO E PROCESSO

Indignada, a família do adolescente considera a possibilidade de processar a médica responsável pelo atendimento inicial, alegando negligência médica:

"No dia 24, quando ele passou, já acordou com a dor. Já era para ele ir para a mesa de operação. Agora não tem mais nada a fazer, infelizmente, ele perdeu um testículo", lamentou o médico que prestou o novo atendimento.

Segundo a mãe do adolescente:

“A capacidade fértil e hormonal do meu filho foi comprometida, qual o problema em fazer um atendimento de verdade? Ela nem olhou ou avaliou a situação direito, só receitou ibuprofeno e mandou seguir a vida! Isso não está certo! Se não gosta de atender pobre, se acha que “recebe pouco” pra quê atender no SUS?” Deixa a vaga pra outro! Agora como é que fica a vida do meu filho?”

DOR NOS TESTÍCULOS REQUER ATENÇÃO

A dor nos testículos pode ser causada por diversas condições, desde lesões traumáticas até problemas de saúde mais graves, como torção testicular, epididimite (inflamação do epidídimo) ou até mesmo câncer testicular. Em casos de dor persistente, é fundamental buscar atendimento médico imediato para um diagnóstico preciso e tratamento adequado.

   Torção Testicular: Uma torção testicular é uma emergência médica que requer intervenção cirúrgica imediata para evitar danos irreversíveis ao testículo. Os sintomas incluem dor intensa na área testicular, inchaço, sensibilidade e náuseas.

   Epididimite: Esta é uma inflamação do epidídimo, o tubo que transporta e armazena os espermatozoides. Os sintomas incluem dor na virilha e no escroto, inchaço, vermelhidão e sensibilidade ao toque.

   Câncer Testicular: Embora menos comum, o câncer testicular pode causar dor nos testículos, inchaço ou um caroço palpável. O tratamento é geralmente cirúrgico, seguido por quimioterapia ou radioterapia, dependendo do estágio da doença.

Em todos esses casos, é essencial buscar ajuda médica imediata. O tratamento precoce pode fazer a diferença entre a recuperação completa e a perda irreversível do testículo.

Comentários