Pantanal MS
20 de Maio / 2024

A leptospirose é uma doença infecciosa febril aguda transmitida a partir da exposição direta ou indireta à urina de animais, especialmente ratos, infectados pela bactéria Leptospira. | Créditos: Ilustrativo/MSDiario

  • Publicado em: 22 de Dezembro, 2023 | Fonte: Redação

A temporada de chuvas no estado vai chegando, trazendo consigo as preocupações com doenças consideradas epidêmicas nesse período, como a leptospirose, de acordo com o Ministério da Saúde.

A leptospirose é uma doença infecciosa febril aguda transmitida a partir da exposição direta ou indireta à urina de animais, especialmente ratos, infectados pela bactéria Leptospira. Em 2022, foram registrados mais de 3 mil casos confirmados no país, resultando em 310 óbitos.

A região Sudeste liderou a lista de confirmações, seguida pelas regiões Nordeste, Sul, Norte e Centro-Oeste. Em Mato Grosso do Sul, a Gerente Técnica Estadual das Doenças de Transmissão Hídrica e Alimentar, Jacqueline Romero, alerta para o aumento de casos no estado em 2023, com 56 registros até a data de hoje (22/12).

Para controle e prevenção da doença, a SES atua de forma preventiva, orientando municípios, realizando treinamentos e fornecendo hipoclorito de sódio 2,5% para o tratamento de água de consumo.

Em períodos de chuva, os casos podem aumentar, exigindo cuidado redobrado. Jacqueline Romero destaca que o contato com água contaminada, comumente presente em esgotos e bueiros durante enchentes, é uma via de transmissão. A população deve evitar esse contato, principalmente em situações de enchentes e inundações.

A SES enfatiza medidas preventivas, como o uso de botas e luvas para trabalhadores em limpeza e desentupimento de esgotos, além do uso de hipoclorito de sódio para desinfetar reservatórios de água e locais contaminados.

Cuidados também são direcionados à população, com orientações para evitar o contato com água ou lama de enchentes e adotar medidas de higiene e desinfecção. O diagnóstico precoce e o tratamento são fundamentais para o controle eficaz da leptospirose.

A população pode contribuir adotando medidas simples, como evitar o contato com água contaminada e garantir a correta disposição do lixo. A SES reforça que a leptospirose é uma doença curável, sendo crucial procurar assistência médica ao apresentar sintomas após exposição à água contaminada.

Em Campo Grande, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) realiza a desratização, aplicando raticidas e iscas em áreas propensas à infestação de ratos. Essas ações visam reduzir a população de roedores, especialmente próximo aos córregos que atravessam a cidade, promovendo um ambiente mais seguro para a população.

Comentários